Fechando um arquivo para impressão

Ter uma arte final fechada corretamente, é essencial para obter um material gráfico de qualidade, por isso viemos para te ajudar com o processo de fechamento do arquivo. Existem muitas maneiras de finalizar sua arte, aqui na Gráfica Paineiras recomendamos o envio da sua arte final em PDF, mas antes de fechar o seu arquivo é muito importante realizar algumas verificações para que não tenha problemas na impressão do seu material.

É muito frustrante quando vc tem toda uma preocupação em desenvolver uma arte, porém, quando o arquivo é enviado para gráfica, acaba descobrindo que não pode ser impresso por alguma falha, e terá que refazer a arte toda do início, para evitar essa situação, atente-se mesmo no início do desenvolvimento do seu projeto para o tamanho da página, que deve ser exatamente do tamanho da impressão desejada, por exemplo: se você for imprimir um folheto em a4 você precisa deixar sua página no tamanho exato de 210 x 297 mm.

A sangra e a margem interna nunca devem ser consideradas no tamanho final da página, pois a arte final deve ultrapassar essas margens, para garantir o corte final correto do seu material.
É importante ter uma sangra de 2mm fora do local do corte, em fundos e elementos que não sejam importantes e estejam no canto pois sem essa sangra seu material impresso poderá ficar com margens brancas externas sobrando.
Já a margem interna consiste em deixar todos os elementos importantes para dentro da sua arte, deve-se tomar muito cuidado com essa margem, pois sem ela o seu texto, logo e informações poderão ser cortados na produção do material.

Então lembre-se aumente sua arte 2mm para cada lado, não aumentando o tamanho da sua prancheta e posicione elementos importantes da sua arte 3mm para dentro do local do corte, dando uma margem de respiro.

Nós desenvolvemos gabaritos dos materiais oferecidos em nossa loja, para agilizar o processo de criação, faça o download conforme o tamanho e tipo desejado da sua arte, levando sempre em conta a resolução da sua imagem.

Existem 2 tipos de imagens, a vetorial, que não importa o quanto você aumente ou diminua ela sempre vai estar em alta resolução devido a informações matemáticas do computador. E existe também a imagem em bitmap onde o responsável pela criação deve atentar-se para uma imagem de resolução precisa, de 300 DPI. Isso para materiais que são visualizados de perto como cartões de visita, cartazes, panfletos, entre outros, pois materiais de grandes formatos como banners, é aceitável a resolução de 150 DPI. Imagens com a resolução inferior a esse número, são geralmente usadas para visualização na tela do computador.

Temos que levar em conta também, que se uma imagem for aumentada, o número de DPI dela é diminuído, do mesmo jeito que se você diminuir a imagem o DPI dela aumenta, portanto você pode ter uma imagem em alta qualidade para um flyer, mas não terá o mesmo resultado se essa mesma arte for aumentada para um cartaz.

Para descobrir se uma arte está em alta resolução basta utilizar algum software de edição de imagens como Photoshop, Illustrator ou Corel Draw. Imagens em alta resolução podem ser encontradas mesmo no google, pelo filtro “imagens” no link de ferramentas e no “sublink” “tamanhos” aí é só alterar para “grande”, uma imagem em alta resolução pode ser trabalhada tranquilamente se também estiver nas cores corretas.

Há uma grande diferença entre cores RGB e cores CMYK, pois o RGB são as cores do monitor e nunca terá a mesma cor no impresso, por isso sempre inicie o desenvolvimento da sua arte nas configurações de cores em CMYK, para uma impressão de qualidade. Tendo isso em mente agora só resta conferir suas fontes.

Para que seu arquivo não tenha alteração na hora da impressão é muito importante também verificar se suas fontes foram transformadas em curvas na arte final, pois a gráfica pode não ter a fonte que você utilizou no desenvolvimento do arquivo e o mesmo pode ser substituído automaticamente pela máquina ou impressora.
Transformar o texto em curvas vai converter o as letras em desenhos vetoriais onde não precisaria de qualquer fonte instalável no computador, mas sempre se lembre de salvar o arquivo em curvas com outro nome para que não perca a acessibilidade de alteração das informações.

É muito interessante que você entre em contato com a gráfica que irá produzir o seu material para tirar qualquer informação que tenha dúvida, aqui na Gráfica Paineiras estamos sempre dispostos com uma equipe bastante qualificada para te ajudar em qualquer questão, para que você e sua empresa receba um excelente material gráfico.

Entre em contato agora mesmo e converse com um de nossos representantes.